Amigo de Brock Lesnar diz que ele não ingeriu esteróides


Depois das grandes polêmicas do exame positivo anti-doping de Brock Lesnar no UFC, um companheiro de treino de Lesnar disse que o WWE Superstar, quem escolheu contar a verdade e ressaltar que "A Besta Incarnada" passou em 8 provas anti-doping sem problemas algum.

Um usuário intitulado como "D2allamerican58" disse através do forúm Sherdog.com, um dos conceituados forúns de Artes maciais mista do mundo, o mesmo disse que não foi por esteróides anabolizantes, mas sim pelo uso de um inalador para asma.

Confira abaixo o depoimento deste suposto amigo de Brock Lesnar.

"Como muitos de vocês sabem, treino com Brock Lesnar e trago a este fórum um monte de informação interna privilegiada em relação ao seu campo de treinamento e seu retorno ao UFC. No final do acampamento, tivemos coisas divertidas e fizemos um monte de fitness ao ar livre em Alexandria, Minnesota. Isto causou uma grave reação de um único dia ao senhor Lesnar.

Literalmente, não conseguiu se conter hiperventilado durante 10 minutos depois de 5 rodadas de corrida rápida mista com trabalho de halterofilismo russo. Brock sofre do que é conhecido como Doença reativa das vias aéreas (síndrome de disfunção reativa das vias aéreas) e o médico que o trata por anos, o prescreveu o Advair Diskus, que o ajudou a respirar durante os meses de primavera e verão aqui em Minnesota, onde ele já teve outros episódios de hiperventilação, especialmente quando realiza trabalhos agrícolas.

Então essa foi a razão pela qual ele deu positivo em testes da Agência anti-doping dos Estados Unidos (USADA). Na verdade, é apenas uma formalidade, porque ele tinha que informar sua condição. Mas passou em 7 exames e não encontraram esteróides anabolizantes ou hormônios de crescimento humanos, mas em Las Vegas ele respira bem pelo clima, então ele não tinha qualquer vantagem especial sobre Mark Hunt.

A USADA é muito rigorosa e dá má reputação a uma pessoa sem razão, isso não é legal. Ele não fez nada de errado, só tomou o medicamento que seu médico receitou para ataques de asma". 

Nenhum comentário:

Postar um comentário