Cobertura WWE Monday Night RAW 26/02/2018


Na noite desta segunda-feira (26) de fevereiro a WWE realizou mais uma edição do Monday Night Raw diretamente do Honda Center, em Anaheim na Califórnia. Confira a cobertura completa do show logo abaixo:






O show começa com um vídeo sobre o que aconteceu de mais importante no Elimination Chamber, como a vitória de Alexa Bliss, na primeira luta de mulheres na câmara de eliminação, mantendo-se como campeã, além é claro da vitória de Roman Reigns e da assinatura de contrato confusa por parte de Ronda Rousey, que terminou com um tapa no rosto de Stephanie McMahon e Triple H partido a uma mesa.

Começando o show de forma oficial, toca a música de Alexa Bliss e a RAW Women's Champions vem ao ringue acompanhada por Mickie James. Na mesa de comentaristas, Michael Cole, Corey Graves nos dão as boas vindas. São mostradas imagens também da vitória de Asuka sobre Nia Jax.

Bliss pega o microfone e começa a falar sobre a sua vitória histórica na noite passada. Ela diz que será lembrada daqui a muito tempo como a mulher que pela primeira vez na história venceu uma Elimination Chamber feminina e continuou como campeã.

A campeã diz que Mickie foi muito importante nesta luta, pois é uma grande campeã do passado e futura integrante do Hall of Fame. Bliss diz que Mickie neutralizou o Absolution, que nunca história serão campeãs. Sobre Sasha Banks e Bayley elas se acabaram sozinhas. Ela diz que embora Sasha se acha a "Boss" ela tem que se desculpar pois ela é quem irá para a WrestleMania.

Alexa diz que na WrestleMania pretende acabar com a invencibilidade de Asuka. Ela cita o que Nia Jax fez com a japonesa após a derrota, afirmando que após Nia acabar com Asuka, ela agora só que encerrar o trabalho. Toca então a música de Asuka e a Women's Royal Rumble Winner aparece.

Ao chegar no ringue Asuka pergunta se Bliss está brincando. A campeã diz que depois da humilhação e surra que Asuka passou na noite passada, quem merecia a chance pelo título é Nia e não ela. Alexa diz ainda que Asuka nem ao menos fala inglês corretamente além é claro de sua linguagem corporal esquisita. Toca então a música de Nia Jax.

Logo que chega ao ringue ela parte para cima de Asuka, porém, a japonesa reverte a situação e prende Nia numa submissão, porém, Mickie e Alexa partem para cima dela. Sasha Banks e Bayley aparecem e jogam Mickie e Alexa para fora do ringue, entretanto, Nia aparece e aplica um duplo "Clothesline", neutralizando toda a situação. Toca a música de Alexa Bliss e ela sai de cena acompanhada por Nia Jax e Mickie James.

6-Women Tag Team Match: RAW Women's Champion Alexa Bliss, Mickie James e Nia Jax vs. 2018 Women's Royal Rumble Winner Asuka, Sasha Banks e Bayley
- A luta termina após um "Asuka Lock" sobre James, fazendo a mesma dar Tap-Out.



Toca a música de John Cena e o ex-WWE Champion vem ao ringue. Ao chegar, ele fica olhando para o logo da WrestleMania no alto da arena, em Anaheim. Quando pega o microfone diz que falhou na noite passada. Cena diz que mesmo com a arena cheia, hoje se sente como um cara sozinho que falhou.

Cena diz que teve duas oportunidades de chegar a WrestleMania, mas falhou no Royal Rumble e também no Elimination Chamber. Cena diz que embora esteja fracassando não desistirá pois também vê o público que não desiste dele. Cena diz que por isso não ficará parado e terá o espaço na WrestleMania. Cena desafia The Undertaker para um combate no maior evento de todos. Ele diz que isso nunca aconteceu e não tem momento melhor para isso acontecer. O público vai ao delírio.

Entretanto, Cena diz que este combate é impossível de acontecer, uma vez que não é ele quem marca os combates e administra a empresa, por isso, ele usará o seu contrato de "Free Agent" e estará presente amanhã a noite no SmackDown Live, atrás de seu lugar na WrestleMania. Cena sai de cena.


Miz diz que está começando a Road to WrestleMania, pena que em Anaheim, uma vez que está a poucos minutos de Los Angeles, sua terra, terra de estrela. Miz diz que nesta cidade ao lado se tornou um grande ator e agora deve começar um período importante num subúrbio como Anaheim.

The Miz diz que deveria ter tido uma chance direta de enfrentar Brock Lesnar no evento principal da WrestleMania, uma vez que seria o primeiro campeão intercontinental e universal da história, porém, Kurt Angle lhe forçou a disputar esta vaga no Elimination Chmaber. Para piorar, Miz ainda diz que Seth Rollins e Finn Bálor, que sequer mereciam esta chance, estavam lá e lhe atrapalharam.

Miz diz que o Intercontinental Championship é o título mais prestigiado de toda a WWE, por isso, deveria ter mais destaque do que qualquer título. Miz diz que está desde o ano passado valorizando o RAW e o título, até mesmo mais do que Universal Championship.

Miz diz que quando foi conversar com Kurt Angle sobre o seu oponente na WrestleMania ele disse que decidiria nesta noite. Segundo o campeão, ele terá de enfrentar Rollins e Bálor e caso seja derrotado por ambos, terá que defendeu sei título contra os dois no Showcase of Immortals. Miz fala do descaso de Angle com ele, pois ele é o Mize está a doze anos na companhia. Miz que não importa quem apareça para lhe enfrentar e tentar uma chance pelo título na WrestleMania, conforme previu Angle, ele derrotará e depois escolherá um oponente a altura para o grande show.

Toca então "Burn It Down", e Seth Rollins aparece. O "Architect" terá a sua chance
Singles - Non Title Match: WWE Intercontinental Champion The Miz c/ Bo Dallas e Curtis Axel vs. Seth Rollins
*Se Rollins vencer enfrentará The Miz, na WrestleMania, pelo título intercontinental.
- Rollins vence após aplicar um "Frog Splash" em Miz, seguido de pinfall.

Singles - Non Title Match: WWE Intercontinental Champion The Miz vs. Finn Bálor
*Se Bálor vencer terá direito de entrar na luta pelo título intercontinental na WrestleMania.
RAW Tag Team Championship - 2 Out of 3 Falls Match: The Bar (Cesaro e Sheamus) (c) vs. Titus Worldwide (Titus O'Neil e Apollo c/ Dana Brooke)
- 1° Fall: Sheamus e Cesaro derrotaram Apollo e Titus O'Neil.
- 2° Fall: Sheamus e Cesaro derrotaram Apollo e Titus O'Neil.

Na volta dos comerciais, toca a música de Roman Reigns e vem ao ringue o desafiante principal ao WWE Universal Championship. Ao chegar Reigns fica olhando em volta, enquanto alguns lhe vaiam e outros aplaudem. Ele diz ser um homem de palavra. Reigns diz que prometeu ganhar no Elimination Chamber e assim o fez, por isso, quando ele diz que irá para a WrestleMania derrotar Brock Lesnar é a mais pura verdade.
Reigns diz que não sabe o que está fazendo aqui, uma vez que quando Brock Lesnar deveria estar aqui, algo aconteceu a trinta minutos atrás e o mesmo não está presente. Reigns diz que Lesnar é um covarde que se esconde atrás de seu contrato.

Reigns diz que Lesnar estava em Las Vegas ontem, porém, não estava no Elimination Chamber, mas sim na rua tirando fotos com os fãs do UFC. Reigns diz que todas as semanas está aqui e Lesnar fica escolhendo cidades e oportunidades, de modo que ele não respeita nem mesmo os fãs da WWE.

O "Superman" diz que está cansado disso, pois assim como ele, Lesnar e Paul Heyman deveriam separar negócios de respeito. Reigns diz que não respeita Lesnar e muito menos tem medo daquela cadela. Reigns diz que já disse o que precisava e no fim afirma novamente que respeita a todos ali, menos Lesnar. Reigns sai de cena.
 

 
Singles Match: Braun Strowman vs. Elias
- Strowman vence por DQ após Elias usar um extintor nele.

Após a decisão do árbitro, Elias continua acertando Strowman com o extintor, porém, o "Monster Among Men" lhe acerta, o jogando para fora do ringue. Elias tenta sair correndo, mas, Strowman, mesmo com problemas na visão corre atrás dele.

De volta a arena em Anaheim, ao som de Metallica, entram Triple H e Stephanie McMahon. Ao chegar no ringue, Stephanie diz que na noite passada a WWE tinha o prazer de assinar um contrato com uma das melhores atletas da atualidade, porém, Kurt Angle colocou tudo a perder falando o que não devia. Ela diz que Ronda acreditou em Angle e também cometeu erros.
É novamente mostrado o que aconteceu na noite passada. Stephanie diz que Ronda agiu por impulso e diz que até entende, mas, diz que teve que agir na mesma moeda para mostrar quem manda de verdade aqui. Stephanie diz que Kurt Angle e Ronda Rousey receberão ordens. Como uma grande patroa, ela chamará os dois aqui para explicarem seus papeis na WWE. Stephanie diz que Angle deve pedir desculpas, porém toca a música de Ronda Rousey.

Ronda já vinha partindo para cima de Stephanie e HHH, porém Kurt Angle aparece. O General Manager do RAW pede para Ronda lhe escutar. Ele diz que pode ter entendido errado o que Stephanie e HHH disseram, ou seja, o que ele disse na noite passada era mentira. Nisso, voltam Stephanie e HHH ao ringue.

Angle diz que na WWE as coisas funcionam de outra forma e que deve-se respeitar o sistema. Ele diz que precisa muito deste trabalho, por isso, se desculpa com todos por ter tornado tudo num verdadeiro caos.

Stephanie agradece Angle e diz a Ronda que ela e HHH não são pessoas ruins. Muitos lhe criticas nas redes sociais, mas, ele são boas pessoas. Stephanie diz que deve-se começar tudo novamente com o pé direito. Ronda diz que concorda, mas, na vida nunca levou um tapa no rosto e nem ao menos é propriedade de ninguém, por isso, Stephanie deve se desculpar pelo tapa dado, ou, ela não hesitará em arrancar o seu braço.

Stephanie assustada, volta ao ringue, e pede desculpas. Ela diz que agiu devido ao que havia feito com Triple H, por isso, pede mil desculpas. Na saída do ringue, HHH acerta um soco em Angle, deixando a rampa de entrada. O show termina com Ronda tentando reanimar Angle.

Nenhum comentário:

Postar um comentário