Cobertura WWE Friday Night SmackDown 17/01/2020


Na noite desta sexta-feira a FOX transmitiu mais um episódio ao vivo do Friday Night SmackDown, diretamente do Greensboro Coliseum, na Carolina do Norte. Confira a cobertura completa do show logo abaixo: Vamos direto ao ringue com Kane. Kane anda para o ringue enquanto Greg Hamilton faz a introdução. Kane pega o microfone e diz que estamos a apenas 9 dias de sua noite favorita do ano – o Royal Rumble. Ele fala sobre o combate em que 30 pessoas colocam suas almas em risco, o combate em que você passa pelo inferno para ter uma chance de imortalidade na WrestleMania. Kane se vangloria do seu recorde de eliminações no Rumble Match e diz que percebe a importância dessa luta. Kane diz que os sonhos da WrestleMania se transformaram em pesadelos por causa dele, e ele tem que admitir – foi muito divertido. 

Kane ri. A música da Firefly Fun House interrompe e vemos Bray Wyatt no telão. Wyatt reconhece Kane e diz que não é legal se gabar dos maus momentos de outras pessoas, e o chama de um grande valentão. Wyatt garante a todos que o Ramblin ‘Rabbit está vivo e bem, e se recuperando bem depois do que aconteceu com ele na semana passada. Wyatt diz que vencer o Rumble é uma ótima ideia, especialmente se o vencedor desafiar isso na WrestleMania – o WWE Universal Championship. Wyatt aponta para uma foto de Kane na parede, com os olhos cruzados. Wyatt diz que, se a foto dele estiver lá em cima, isso significa que ele e o Demônio se deram bem. Kane reconhece isso. Wyatt fica sério e vemos alguns lampejos de sua história juntos. Wyatt diz que nunca esquecerá Kane, nem “ele” esquecerá. As luzes começam a se apagar na arena enquanto Kane olha ao redor. A arena fica totalmente escura agora. As luzes vermelhas são acendidas e ouvimos sons familiares ecoando pela arena. Kane agora está de pé do lado de fora do ringue, olhando para a rampa. O The Fiend aparece de repente de um buraco no meio ringue. 

Wyatt rasteja para fora e rasteja até as cordas. Kane se vira e o encara. Kane pergunta porque ele demorou tanto, mas ele não está se referindo a Wyatt como parece inicialmente. Daniel Bryan chega no ringue do nada e ataca o The Fiend. Wyatt tenta escapar de volta pelo buraco no ringue, mas Bryan ainda está tentando lutar com ele. Bryan entra com parte do corpo no buraco e volta com um pedaço do cabelo de Wyatt. Singles Match: Big E vs. John Morrison 
– Morrison aplicou um “Starship Pain” e venceu o combate. Vemos o Revival andando nos bastidores quando Kayla encontra-se com eles. Dawson diz que se a empresa não fizer uma alteração, o The Revival terá que fazer algum tipo de alteração. Dash diz algo semelhante. Ouvimos que alguém está brigando nos bastidores e a câmera corta para Lacey Evans atacando Sasha Banks. Bayley também aparece e as heels acabam fugindo. Singles Match: Bayley vs. Lacey Evans 
– Evans aplicou o “Woman’s Right” e venceu o combate. Após a partida, Evans fica em pé e levanta o braço. A música é tocada enquanto reproduzimos. Evans vende a partida para finalizar o segmento. Elias diz que aprendeu muito sobre si mesmo no último ano. Ele percebe que é a personificação completa da WWE, mas ele não pode fazer isso sozinho e a verdade é – ele precisa dos fãs. Elias diz que para ele chegar aonde ele pertence, ele precisa de vozes para tocar em todo o mundo com a verdade que a WWE representa – Walk With Elias, dizem os fãs. Elias continua e começa a tocar sua nova música “Walking In Greensboro”. A música interrompe e sai Sami Zayn, Cesaro e o campeão intercontinental da WWE Shinsuke Nakamura. Zayn odeia interromper Elias, mas ele, o Grande Libertador, tem algo mais importante para falar. Sami bate nos fãs e eles vaiam ele. 

Sami traz à tona como Braun Strowman está reclamando sobre querer lutar com Nakamura. Sami diz que Nakamura não recua das brigas e Braun não terá que esperar muito por sua resposta, porque a resposta é … absolutamente não. Sami rasga Braun um pouco mais e diz que não está em posição de exigir nada, porque ele, nós, chamamos os tiros por aqui. Sami diz que nada vai acontecer com o Rumble Match daqui a 9 dias. Ele se gaba de como Nakamura realmente venceu o Rumble. Sami adverte toda a lista de que todos eles estão agora em observação. Parece que Cesaro e Nakamura podem estar no Rumble. Sami diz que fez o seu ponto e Elias agora pode continuar. 

Elias diz que ele era multitarefa enquanto Sami falava, e agora ele tem uma nova música que acabou de escrever na cabeça. É chamado “Sami precisa calar a boca” e o refrão diz: “Shinsuke é uma merda!” Elias começa a tocar, mas Sami interrompe e começa a gritar com todos. Sami envia Cesaro para o ringue para cuidar de Elias. Cesaro apressa o anel e começa a brigar com Elias. Nakamura bate no ringue quando Elias o vira no canto, mas Elias não é páreo. Sami se junta a seguir para a equipe tripla. A música chega e vem Braun para salvar. Braun atropela Cesaro e Nakamura, depois varais Cesaro por cima. Sami recuou. Braun manda Nakamura por cima, depois fica de pé e toca para a multidão para um pop. Os fãs torcem por Strowman quando Sami, Cesaro e Nakamura se re-agrupam na rampa. Strowman diz a eles para trazê-lo quando sua música recomeça. Singles Match: Sonya Deville vs. Alexa Bliss – Bliss aplicou o Roll-up e venceu o combate. Tables Match: Roman Reigns vs. Robert Roode *O vencedor escolherá a estipulação de Reigns vs. Corbin no Royal Rumble 

– Após receber ajuda dos The Usos, Reigns venceu o combate. Após o combate, Reigns comemora enquanto Corbin fica irritado com o resultado. Reigns anuncia que o combate no Royal Rumble será uma Falls Count Anywhere Match.O show sai do ar em seguida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário