Paul Heyman pode ter dado mais liberdade criativa aos lutadores do RAW

A habilidade com o microfone em mãos é um dos melhores atributos compõem um personagem de um lutador. É na chamada “promo” que uma história se desenvolve tanto para um desafio como para um desabafo sonoro como o de CM Punk. A verdade é que alguns podem ter esse dom naturalmente enquanto que outros precisam do auxílio de uma equipe de escritores.
Mas, nos últimos tempos, precisamente na WWE, se viu um número exagerado de promos escritas pelos escritores da equipe criativa da empresa. Tanto que algumas eram perceptíveis por conta de um vocabulário escasso e repetitivo, o que claro abriu os olhos dos fãs para o que estava sendo apresentado e não deu outra: o Universo WWE pediu o fim desse tipo de promo.
Aparentemente, o desejo de ver o carisma natural dos lutadores com o microfone em mãos aos poucos está se tornando em realidade. Isso é o que deu a entender o WWE Hall of Famer Jerry “The King Lawler durante sua participação no podcast de “Stone Cold” Steve Austin.
Durante a conversa, ele falou sobre como Paul Heyman está administrando o WWE RAW nos bastidores e revelou que aos poucos o modelo com script está sendo corroído:
“Agora que Paul Heyman está no comando do RAW, não são os personagens que são predeterminados pelos escritores ou criativos”, declarou Lawler. Eles estão dando aos caras a chance de serem eles mesmos. “Ninguém está dizendo, ‘Oh, é assim que tem que ser’ “
Evidentemente, não será agora o fim dos scripts mas esse movimento mostra um enorme passo de evolução com o comando de uma personalidade que conhece muito bem o desejo da grande parte dos seus fãs e está fazendo o que está ao seu alcance para tornar o produto atrativo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário