WrestleMania 36 pode ter até seis combates femininos

A WrestleMania 36 deve marcar um novo capítulo na história da reformulada divisão feminina da WWE. Nos últimos anos, a empresa de Stamford acabou mudando a realidade da divisão para melhor, com uma maior representatividade em seus eventos tanto que pela primeira vez um evento principal de uma WrestleMania foi estrelado por mulheres na trigésima quinta edição do evento. Agora, um novo passo foi dado em direção a uma maior representação femimina nos eventos da empresa.
Segundo o que informou o jornalista Dave Meltzer na última edição do Wrestling Observer Newsletter, a WWE tem a intenção de realizar seis combates femininos no evento do próximo dia 5 de abril. Deste modo, essa seria a maior representação feminina da história em uma única edição da “Vitrine dos Imortais”.
Porém, é importante lembrar que até o momento apenas o combate entre Rhea Ripley e Charlotte Flair pelo NXT Championship foi confirmado. Outro combate que deve ter lugar na trigésima sexta edição do evento é pelo SmackDown Women’s Championship uma vez que Bayley enfrentará Naomi ou Carmella no Super Show Down e posteriormente deve conhecer sua adversária na WrestleMania. Becky Lynch também colocaria seu título em jogo na WrestleMania contra uma rival que será conhecida após uma Elimination Chamber Match, onde Shayna Baszler deve sair vencedora.
O jornalista no mesmo relatório relata que mais dois combates envolvendo a divisão devem acontecer no show. O primeiro deles é a defesa do título de duplas de Kabuki Warriors (Asuka e Kairi Sane e por último uma Battle Royal, totalizando cinco combates no que seria a maior participação feminina na história do evento. Para se ter uma ideia, o papel das mulheres no show era muito limitado com no máximo três combates acontecendo mas, com o tempo, a empresa de Stamford foi avançando para mudar o tratamento para com suas estrelas femininas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário