--

WWE fez um acordo financeiro com os lutadores demitidos

Ontem, dia 15 de abril, ficou marcada a primeira grande onda de demissões da WWE neste ano de 2020. Praticamente 50 empregados, contando lutadores e equipes de produção tiveram seus contratos suspensos.
Fontes internacionais afirmam que a WWE fez um bom acordo financeiro com as estrelas despedidas. Para quem fazia parte do plantel principal, um bom valor indenizatório foi pago, enquanto, as estrelas do NXT receberão mais um mês de salário integral.
A principal causa destas demissões é a pandemia do coronavírus, que impede que a empresa realize eventos ao vivo com a presença de público, minando a receia de bilheteria da empresa. Além disso, com as audiências em baixa e a venda de merchandising consideravelmente menor, a empresa necessitou tomar algumas medidas para continuar ativa no mercado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário