--

Cobertura WWE Monday Night RAW 22/06/2020


Na noite desta segunda-feira a WWE realizou mais um episódio inédito do Monday Night RAW, diretamente do Performance Center, em Orlando, na Flórida. Drew fala sobre como o WWE 24/7 Champion R-Truth aceitou o combate em seu nome na semana passada, mas agora é hora de seguir em frente, de olhar para o futuro. Ele é interrompido pela música de Dolph Ziggler, que está retornando ao RAW vindo do SmackDown. Ziggler e McIntyre brincam sobre estar felizes em vê-lo. Ziggler menciona como ele e Robert Roode foram levados de volta ao RAW porque o Intercontinental Champion AJ Styles foi enviado ao SmackDown. Ziggler ameaça Drew em seguida. Ziggler fala sobre seu passado com Drew, assumindo o crédito pelo sucesso. Ziggler diz que agora Drew é um campeão dominante por causa dele. Drew pergunta se ele realmente quer isso, dando a entender que ambos se enfrentarão no Extreme Rules. Drew provoca Ziggler enquanto sua música toca. Tom diz que vamos esperar e ver se o combate é oficializada. RAW Tag Team Championship Match: The Viking Raiders vs. The Street Profits (c) – Ford aplicou um “Splash” em Ivar e venceu o combate. RAW Women’s Championship Match: Charlotte Flair vs. Asuka – Asuka aplicou o “Asuka Lock” e venceu o combate. Após o combate, Asuka se senta no chão e comemora com seu título. Vemos Nia Jax nos bastidores assistindo ao final do combate. Charly se aproxima e pergunta se ela acha que sua briga com Flair teve alguma coisa a ver com o resultado do combate. Jax fala algumas palavras e vai embora. Vemos Edge em um ringue, sentado. Ele fala sobre a derrota para Orton, no Backlash, zombando do fato do mesmo se achar o melhor de todos os tempos, algo que não é verdade, pois sentiu o seu pânico. Edge diz que Orton venceu-o com um golpe baixo e isso é algo para fracassados. Edge fala do ataque sobre Christian na última semana, de forma covarde, sabendo que não tinha permissão médica para competir. Edge diz que Orton lhe despertou o seu demônio, que fará de tudo para humilhá-lo, principalmente frente a sua família, Edge diz que Orton despertou o seu lado demoníaco, o “Rated-R Superstar”. Nos bastidores, a entrevistadora Sarah aguardava de lado do ambulatório médico atualizações sobre o estado de saúde de Charlotte Flair. Natalya aparece e diz que agora que Becky Lynch saiu e Flair está lesionada, ela sente que tem que ser a nova líder do RAW. Natalya diz que Asuka é uma boa campeã mas que não sabe se portar no microfone. Natalya diz que Sarah deveria entrevistá-la, porém, não agora pois sua luta será a seguir. No ringue, Akira Tozawa e seus ninjas aguardar R-Truth para a disputa do WWE 24/7 Championship. Truth faz a sua entrada, no entanto, toca a música de Bobby Lashley e este aparece ao lado de MVP. Tozawa se esconde debaixo do ringue, enquanto os ninjas são minados por Lashley e MVP. Truth é atacado com um “Full Nelson” por Lashley, ficando desacordado. Tozawa sobe ao ringue e faz a contagem de três, se tornando o novo campeão. WWE Women’s Tag Team Championship Match: SmackDown Women’s Champion Bayley e Sasha Banks vs. The IIconics (Peuton Royce e Billie Kay) – Sasha aplica um “Banks Statement” em Royce, a fazendo desistir. No ringue, Ric Flair saúda o público, Ele manda um aviso para Nia Jax, afirmando que sua filha Charlotte ainda lhe dará o troco dos ataques brutais feitos nesta noite. Falando agora sobre Randy Orton, ele fala das grandes vitórias sobre Edge e Christian, nas últimas semanas, afirmando que ele é sem dúvida o maior lutador de todos os tempos. Flair chama Orton ao ringue. Toca “Voices” e lá vem Randy Orton. Ao chegar, Orton fala que de fato ele é o melhor de todos os tempos e agradece Flair. Orton fala sobre a nostalgia de ter Flair junto dele novamente, assim como nos tempos de Evolution. Orton diz que Edge e Christian falaram das vozes que surgem em sua cabeça, porém, ele diz que essas vozes lhe dão prazer neste momento, pois ele sente que se tornou o “Legend Killer” novamente. Toca “Crank It Up” e Big Show aparece. 

 Show diz que está enfadado das besteiras de Orton e diz que pagará pelo que fez a seus amigos. Show diz que todos sabemos que Edge não terminou e que ele voltará para arrebentar com Orton, porém, enquanto isso o gigante terá a sua vez de partir a cara de Orton. Randy responde que é amigo de Show e que eles começaram juntos, há vinte anos atrás. Orton diz que Show é considerado por muitos uma lenda, porém, não gostaria de vê-lo tendo o mesmo fim que Christian e Edge. Show desafia Orton, porém, este e Flair saem do ringue. Orton diz que deu uma chance a Show e daqui pra frente o que ocorrer a culpa será sua. Orton diz que quando ele coloca a cabeça em algo é o melhor no que faz e Show pagará por isso.
MVP volta a oferecer seus serviços para Crews, pois diz que sabe como fazê-lo ser um grande vencedor. MVP cita que tem um enorme respeito por Crews, principalmente quando o venceu nas qualificatórias para o Money in the Bank, porém, ficou decepcionado quando viu perder o seu o lugar por se lesionar. Crews aprecia MVP mas diz que chegou até aqui sem a sua ajuda. MVP diz que sabe o que é ser campeão norte-americano e por isso quer ajudar Crews. MVP diz que enquanto Crews tem três semanas como campeão, ele teve o maior reinado da história com 343 dias. Ele diz que o título americano deverá voltar, então, para o seu devido lugar. Crews parte para cima de MVP, porém, toca a música de Shelton Benjamin. MVP distraiu Crews que é atacado por Benjamin, que o joga para fora do ringue. Singles – Non Title Match: WWE United States Champion Apollo Crews vs. Shelton Benjamin c/ MVP 
– Crews vence após aplicar um “Powerbomb” em Benjamin.
Na volta, toca a música de Rey Mysterio e ele vem ao ringue com Dominik. Ao chegar, Mysterio diz que não há nada pior para um pai do que não saber onde seu filho está e na semana passada, quando ligava para Dominik e não tinha respostas, ficava aflito. Mysterio disse que quando soube que seu filho viria ao RAW, não ficou nada bem, pois sabia que viria em busca de vingança. Mysterio diz que não imaginava ver em uma situação de três contra um, mas ele se saiu muito bem. Mysterio se sente orgulhoso, mas também irritado, pois poderia algo pior ocorrer. Mysterio pede que Dominik lhe deixe sozinho, pois chegou a sua vez de se vingar de Seth Rollins. 

Dominik diz que não vai para lugar algum e chama Rollins para a briga. Toca a música do “Monday Night Messiah” ele ele aparece. Rollins diz que não sabe o que fazer, pois pode acabar com o pai novamente na frente do filho, ou sacrificar o filho da frente do pai. Rollins diz que isso é uma profecia, pois ambos estão no mesmo lugar e na mesma hora. Rollins se ajoelha na rampa de entrada. Logo aparecem Austin Theory e Murphy. No entanto, Humberto Carrillo e Aleister Black aparecem pelas costas, atacando Theory e Murphy. No ringue, Dominik ataca Murphy e Mysterio ataca Theory. Mysterio acerta um “619” em Rollins, e todos os levam para a escada, onde, ele quase deixou Mysterio cego. 

Theory e Black voltam e atacam todos. Rollins então pega Dominik e tenta levá-lo para a escada, porém, Black e Carrillo voltam com cadeiras nas mãos. O show sai do ar com Rollins e seus discípulos fugindo, enquanto Mysterio, Dominik, Black e Carrillo ficam no ringue, lhes desafiando.

Nenhum comentário:

Postar um comentário