--

Cobertura WWE Monday Night RAW 02/11/2020

 


Na noite de segunda-feira a USA Network transmitiu mais um episódio do Monday Night RAW, diretamente do Amway Center, em Orlando, na Flórida.


Orton diz que sabe da responsabilidade que é ter a posse do WWE Championship, ainda que já passou por isso por várias vezes. Orton diz que sabe do alvo que tem nas costas, mas não teme a isso. Orton desafia qualquer um vir dos bastidores e tentar arrancar seu título. Toca a música de Alexa Bliss. Bliss chega no ringue e fica parada, sorrindo, olhando para Orton. Bliss diz “ele está aqui” e as luzes ficam vermelhas, dando a entender que The Fiend aparecerá. De repente, quando tudo se normaliza, Bliss some e Drew McIntyre surge e aplica um “Claymore Kick” em Orton. O escocês diz a Orton que se não ter sua revanche, transformará sua vida em um inferno. McIntyre sai do ringue e surgem The Miz e John Morrison. Miz tenta executar o cash-in, porém, McIntyre volta e ataca a ambos, os jogando para fora do ringue. McIntyre diz que ninguém tirará esse título de Orton, senão ele. Guitar on a Pole Match: Jeff Hardy vs. Elias – Hardy vence após acertar Elias com o violão, seguido de pinfall. WWE Women’s Tag Team Championship Match: Nia Jax e Shayna Baszler vs. Mandy Rose e Dana Brooke 
– Após algumas interferências de Lana, Baslzer faz a submissão em Brooke, garantindo a vitória. Champion vs. Champion – Non Title Match: WWE 24/7 Champion R-Truth vs. WWE United States Champion Bobby Lashley 
– Em um rápido combate, Lashley vence com o “Hurt Lock”. No ringue, toca a música de AJ Styles e ele vem ao ringue ao lado de ser segurança Jordan. Styles pega o microfone e diz que após sexta-feira passada, tem certeza que o SmackDown terá um time talentoso no Survivor Series. Styles diz que Jey Uso e Kevin Owens já estão garantidos. No entanto, Styles diz que o time do SmackDown jamais terá um diferencial, alguém que faça a diferença, como ele, que é o melhor entre os melhores. Styles se denomina o capitão do Team RAW e chama Sheamus e Keith Lee ao ringue. Após a entrada de ambos, Lee pega o microfone e diz discordar de Styles ser o capitão. Styles o chama de inexperiente. Sheamus diz que também concorda com Lee, pois ele é o mais velho ali e não aceitará ordens de ninguém. Toca a música de Braun Strowman. O “Monster Among Men” diz que independente de quem mande no Team RAW, ele precisa de suas mãos. Lee diz que todos ali precisaram de lutas classificatórias e porque com Strowman seria diferente. Strowman diz que suas qualificações são conhecidas, como por exemplo todos que passaram pelo seu caminho terem sido destruídos, incluindo Lee, há duas semanas atrás. Adam Pearce aparece na rampa e diz a Strowman que está procurando alguém para lhe enfrentar em uma luta classificatória, mas ninguém quer este posto. Lee se oferece para enfrentar Strowman, mas Sheamus diz que ele é o mais velho e por isso quer este combate. Styles dá a sugestão de uma luta tripla ocorrer, onde, caso Strowman vença, fará parte do time. Pearce concorda e oficializa a luta para a seguir. Triple Threat Match: (Se Strowman vencer, estará no Team RAW do Survivor Series): Braun Strowman vs. Sheamus vs. Keith Lee 
– Strowman aplica um “Powerslam” em Sheamus, seguido de pinfall. 

 Após a luta, Styles sobe ao ringue e pede para que todos se cumprimentem, pois são um time a partir de agora. Lee não gosta da ideia mas, momentaneamente, aceita apertar a mão de Strowman. Sheamus fica revoltado, pois diz que venceria o combate, mas, após dar um tapa na mão de Strowman, lhe abraça. No entanto, do nada, aplica um “Brogue Kick” em Strowman, lhe jogando para fora do ringue. Lee se irrita e ataca Sheamus, também lhe atirando para fora. Styles também joga Lee para fora, com um “Double Kick”. A música de Styles toca enquanto ele fica inconformado no ringue. Singles Match: Lana vs. Nia Jax Nia Jax vence rapidamente  
Na volta do intervalo e é hora de uma edição especial do The VIP Lounge. Em primeiro lugar, vem The Hurt Business – MVP, Shelton Benjamin, Cedric Alexander e o United Stated Champion Bobby Lashley. Eles falam sobre o que Lashley fez a R-Truth e o que ele fará ao Intercontinental Champion Sami Zayn no Survivor Series. Lashley se dirige a Sami diretamente e diz que o colocará para dormir no pay-per-view. MVP diz que isso os traz aos negócios desta noite. MVP disse que The Hurt Business cumpriu o acordo que tinha com a WWE, cuidou do problema da RETRIBUTION e é hora de cobrar o pagamento. O MVP diz que deseja o pagamento na forma do RAW Tag Team Titles. Benjamin menciona a The New Day e Lashley diz que eles já se divertiram. A música interrompe e surgem os RAW Tag Team Champions – Kofi Kingston e Xavier Woods da The New Day. Woods e Kofi comentam há quanto tempo Shelton, MVP e Lashley estão na WWE. Eles também zombam de Cedric pelo que ele não realizou. Kofi e Woods têm fãs atrás deles agora, anunciando seus reinos de título de duplas. Os fãs os torcem. As provocações entre os dois lados continuam. MVP e Lashley criticam Kofi pela rapidez com que ele perdeu o título da WWE para Brock Lesnar. Kofi brinca sobre como Lashley durou quase o mesmo tempo com Lana. MVP diz que esse é o problema com The New Day, eles são tudo sobre piadas e The Hurt Business é sobre negócios, e é por isso que a New Day se veste como palhaços e a The Hurt Business se veste de profissionais. MVP continua e avisa o novo dia. Ele diz que Benjamin e Alexander estão ansiosos para dançar com o The New Day e levar seus títulos. O ir e vir de entorpecer o cérebro continua até que The New Day reúne a multidão e vamos para o comercial. Tag Team Match: RAW Tag Team Champions The New Day vs. Shelton Benjamin e Cedric Alexander Shelton faz pinfall após uma combinação de finishers Singles Match: Ricochet vs. Tucker Ricochet vence rapidamente após um Recoil seguido de pinfall

Nenhum comentário:

Postar um comentário