Cobertura WWE Monday Night RAW 26/04/2021

 


Na noite desta segunda-feira a USA Network transmitiu mais um episódio ao vivo do Monday Night RAW, direto do Tropicana Field, em St. Petersburg, na Flórida. 2-on-1 Handicap Match: T-BAR e MACE vs. Braun Strowman – Strowman venceu o combate por DQ após interferência de BAR e MACE Tag Team Match: Braun Strowman e Drew McIntyre vs. T-BAR e MACE – Drew acabou atingindo acidentalmente Braun ao lado do ringue, fazendo com que o combate acabasse em Count Out. Miz se gaba do sucesso de seu documentário WWE 24 e menciona como um novo episódio de “Miz & Mrs.” irá ao ar hoje à noite depois do RAW. Miz diz a Elias para apresentar ele e Ryker. Morrison se apresenta. Miz diz que eles estão todos aqui em homenagem a Bad Bunny que esgotou sua turnê de 2022 em minutos. Morrison parabeniza Bunny. Miz leva todo o crédito pelo esgotamento da turnê por causa de seu poder passado para ele na WrestleMania 37. Eles continuam e querem dar algo para Bunny. Eles começam uma versão totalmente errada de sua música “HEY HEY HO HO”. Miz, Morrison e Ryker estão fazendo rap e todos estão cantando o refrão. As luzes se apagam e Damian Priest faz sua entrada. Priest pega o microfone e acaba interrompendo Kofi Kingston e Xavier Woods. Eles aparecem com Priest, que diz que eles têm uma surpresa. Woods está carregando uma grande caixa de violão até o ringue com eles. A surpresa é … tomates. O estojo do violão está cheio de tomates. Priest e o New Day começam a jogar tudo em Elias, Ryker, Miz e Morrison. Six Man Tag Team Match: Elias, Jaxson Ryker e The Miz vs. Damian Priest e New Day – Woods aplicou um Roll-up e venceu o combate para sua equipe. Vemos Sonya Deville nos bastidores. Ela caminha até a porta dos fundos da arena e a abre, para deixar Charlotte Flair entrar. Deville e Flair caminham juntos enquanto vamos ao comercial. De volta do intervalo e Sonya Deville está no ringue com um microfone. Ela apresenta Charlotte Flair. Os locutores falam sobre como Flair foi “suspensa indefinidamente” e multada em US $ 100.000 por atacar o árbitro Eddie Orengo na semana passada. Orengo também já está no ringue. Deville o apresenta e diz que ele foi o árbitro da luta que infelizmente terminou mal na semana passada. Vemos um vídeo com replays. Deville fala sobre Flair ser suspensa indefinidamente e sobre a multa. Ela diz que a decisão de Adam Pearce foi um pouco precipitada e ela não acha que Flair teve a chance de contar sua versão da história. Deville diz a Flair para ela falar sobre isso agora agora. Flair agradece Deville e admite o erro de seus caminhos. Ela pede desculpas à gestão da WWE e ao Universo WWE, mas o mais importante, Orengo, por seus modos infantis. Flair diz que não entendeu o que aconteceu, mas ela está aqui esta noite para pegar o caminho certo, admitir seus erros. Ela se dirige a Orengo e pede desculpas por colocar as mãos nele, depois pede desculpas por tê-la tratado na semana passada. Eddie pede desculpas e diz que não viu a campeã feminina do RAW, Rhea Ripley, interferir e, se visse, Flair teria vencido. Flair acaba exigindo um pedido de desculpas de Orengo, e ele pede, mas não fica feliz. Flair e Deville saem do ringue juntos quando a música de Flair toca. Eles sorriem enquanto sobem a rampa. Orengo parece preocupado no ringue. Sheamus diz que a derrota é a prova de que The Celtic Warrior está de volta e melhor do que nunca. Sheamus continua a ser dominante e é o que provou contra Carrillo na semana passada. Sheamus diz que vai fazer isso de novo esta noite, então se você quiser um lugar na primeira fila em seu próprio funeral, apareça, mas perceba isso … o título não estará em jogo. A música toca e Carrillo aparece. Sheamus pergunta a Carrillo se ele está falando sério ou está maluco. Sheamus diz que Carrillo teve sua oportunidade e não vai lutar com ele. Sheamus ataca do nada e bate em Carrillo, enquanto os fãs vaiam. Sheamus ofende Carrillo, mas este o ataca e acaba mandando-o para o chão, lhe aplicando dois chutes em seguida. Carrillo dá um “Suicide Dive” para mandar Sheamus sobre a mesa de anunciantes enquanto os fãs o aplaudem. Sheamus está furioso e confuso enquanto tenta se recuperar. Carrillo sobe a rampa enquanto Sheamus fica furioso. Lashley relembra a grande vitória da WrestleMania sobre Drew e como ele impôs respeito após a luta. O respeito que ele recebeu da multidão depois de não tê-los por um ano foi ótimo. Lashley continua e compara Drew a um chiclete na sola de seu sapato. Ele menciona como ele vai derrotar Drew novamente no Backlash, mas agora pode ser uma luta tripla. MVP fala e se pergunta por que a WWE trataria seu campeão assim. Qualquer decisão deve ser executada por eles primeiro ou será intencionalmente desrespeitosa. MVP diz que é nojento, não justo e inaceitável que Lashley seja capaz de perder o título da WWE sem ser derrotado no WrestleMania Backlash. Lashley diz que Drew e Braun sabem que ele pode enfrentá-los em uma competição individual a qualquer momento. Lashley disse que virá durante o evento principal desta noite para ver mais de perto seu futuro oponente. Lashley diz que depois de perseguir o título da WWE por 16 anos, ele deixará o Backlash com o título. Tag Team Match: Team RK’Bro (Riddle e Randy Orton) vs. Cedric Alexander e Shelton Benjamin – Riddle aplica um “Floating Bro” em Benjamin, seguido de pinfall. 6-Woman Tag Team Match: Asuka, Naomi e Lana vs. RAW Women’s Champion Rhea Ripley e WWE Women’s Tag Team Champions Nia Jax e Shayna Baszler – Jax aplica um “Running Leg Drop” em Lana, seguido de pinfall. Bliss olha para a frente e diz: “Lilly me obrigou a fazer isso”. Ela começa a rir novamente e balançar em seu balanço. Temos um close de Lilly, que também ri e rosna para a câmera. Singles Match: Charlotte Flair vs. Mandy Rose – Flair aplica um “Natural Selection” em Rose, seguido de pinfall. Singles Match (Caso Braun Strowman vença, entrará na luta pelo WWE Championship, no Backlash): Drew McIntyre vs. Braun Strowman – Strowman aplica um “Running Powerslam” em McIntyre, seguido de pinfall.

Nenhum comentário:

Postar um comentário