WWE demitiu 60 funcionários só nesta semana

 

A WWE está cortando custos em todas as áreas, incluindo alguns nomes importantes da empresa. Vários departamentos se fundiram e agora estão sob uma divisão, WWE Media, supervisionada por Kevin Dunn. O presidente da WWE, Nick Khan, também obteve controle no processo. A empresa cortou várias cabeças internacionais que Khan assumirá agora.

De acordo com a Wrestlenomics, a WWE também demitiu Susan Levison, vice-presidente sênior e chefe dos estúdios da WWE. Ela estava na WWE desde março de 2019.

Ela foi produtora executiva do filme na Netflix da WWE, The Main Event, especiais da WWE Legends Biography, The Big Show Show, WWE’s Most Wanted Treasures e Rumble.

O Netflix Film Rumble não está previsto para ser lançado até janeiro, mas o produtor executivo do filme já não está mais por perto. No total, é relatado que a WWE demitiu 60 pessoas esta semana.

Muitas pessoas foram demitidas quando várias divisões foram movidas para um departamento único. Eles têm a impressão de que podem funcionar com uma equipe base de poucas pessoas.

Enquanto isso, aqueles que sobraram estão “chocados”, pois agora serão forçados a trabalhar duas vezes mais para compensar todas as demissões recentes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário